English EN Português PT

"por uma indústria de seguros mais sólida, eficiente e eficaz"

ISSM, IP, APRESENTA RELATÓRIO ANUAL SOBRE A ACTIVIDADE SEGURADORA EM 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique, IP, (ISSM, IP), reuniu, em formato virtual, em cumprimento das medidas sanitárias de prevenção e combate à Covid-19, no dia 1 de Outubro de 2021, com os operadores do mercado de seguro moçambicano, para apresentar e debater o Relatório Anual sobre a Actividade Seguradora em 2020, em cumprimento do estabelecido no Estatuto Orgânico da instituição, aprovado pela Resolução nº 9/2018, de 22 de Março.

A reunião contou com a participação dos Presidentes da Associação Moçambicana de Seguradoras, Rúben Chivale, dos Corretores de Seguros de Moçambique, George Mathonse, quadros do ISSM, representantes das seguradoras, mediadores, entre outros convidados que em conjunto analisaram e discutiram aspectos relacionados com o desempenho do mercado.

Na abertura do evento, o Administrador Executivo do ISSM, IP, Mércio Sitoe, referiu que em termos globais, em 2020, o sector segurador apresentou um crescimento de 15,9%, tendo se mostrado resiliente face a conjuntura económica do País, afectada principalmente pelos ataques militares na província de Cabo Delgado, pandemia da Covid-19 e pela redução do investimento directo estrangeiro.

 “O crescimento da produção global do sector de seguros foi sustentado pela evolução dos Prémios Brutos Emitidos (PBEs) nos dois segmentos do mercado, Vida e Não Vida, que cresceram em 16% e 15,4%, respectivamente”, explicou o Administrador.

Por seu turno, a Directora de Estudos, Estatística e Cooperação, Francelina Tovela, que apresentou o Relatório Anual Sobre a Actividade Seguradora, referiu que a prevalência da pandemia da Covid-19, impactou o desempenho da actividade económica no seu todo, incluindo o sector de seguros. Por conta desta perturbação, o sector experimentou alguma variação no volume de prémios e de sinistros nos ramos de seguros, com destaque para os seguros de Acidentes Pessoais, Saúde e Responsabilidade Civil Geral. Não obstante estas variações, o sector segurador apresentou um nível de produção crescente, o que demonstra forte resiliência contra os efeitos adversos da pandemia.

No mesmo exercício, o índice de sinistralidade situou-se em cerca de 18,6% para os ramos Vida, contra os 51,9% dos ramos Não Vida.

Em termos do resultado líquido do exercício, situou-se em 2,839.2 milhões de Meticais, contra 1,575.7 milhões de Meticais de 2019.

Relativamente aos Fundos de Pensões Complementares, o volume das contribuições situou-se em 1,063.4 milhão de Meticais, revelando um aumento de 20,1% face ao ano de 2019, tendo o desempenho financeiro dos respectivos fundos atingido o montante de 740,1 milhões de Meticais, uma redução de 47% face a 2019.